Imagem - 3 dicas de como escolher o nome de uma empresa

O primeiro passo para a construção de uma marca é descobrir como escolher o nome ideal para ela, que se alinhe com seu público, com o seu posicionamento e com seus valores. Esse é um processo que envolve diversos detalhes que devem ser considerados para que ele seja mais dinâmico e produtivo. Sempre que for possível e se estiver no seu pacote de identidade visual, nós indicamos que haja a ajuda de uma agência de design ou de um time de profissionais focados nessa missão. E para te dar uma força extra, no artigo de hoje separamos 3 dicas de como escolher o nome de uma empresa. Confira mais abaixo o que separamos!

1 – Faça um Brainstorm

Brainstorm, em sua tradução literal, quer dizer “tempestade de ideias”. Ou seja, trata-se de um processo onde os nomes em potencial são colocados em um papel, sem nenhum tipo de pré-seleção. Algumas dicas de brainstorm valem a pena serem citadas:

– Nenhuma ideia é ruim nesse momento. Deixe a imaginação fluir e anote tudo.

– Apesar de ser uma tempestade de ideias, faça questão de seguir um direcionamento. Pense, antes de mais nada, no seu público, no que você vende e quem deve atingir. Por exemplo: um nome em inglês pode não agradar um público mais simples. Esse estudo é fundamental!

– Depois de uma lista de mais de 30 nomes, comece a selecionar aqueles que mais agradaram. Esse é o momento de seleção. Leia todos eles em voz alta e veja se a sonoridade é bonita, além de garantir que não haja um duplo sentido.

– Por fim, é o momento de verificar se o nome está disponível nos registros online. Sempre que possível, ele deve estar no seu domínio de site, gerando exclusividade e facilidade de que sua marca seja encontrada nos mecanismos de busca.

2 – Tenha certeza da primeira impressão que você quer passar

Aqui reforçamos a importância do seu estudo de público antes de saber como escolher o nome de uma empresa. É interessante que você defina para quem seu negócio mais irá vender e quem ele deve agradar. O seu nome deve refletir esse posicionamento e gerar uma boa impressão entre quem mais interessa.
Mais uma vez, vale lembrar do exemplo do nome em inglês para um público que não tem conhecimento em outras línguas. Ele não será compreendido e, consequentemente, não irá gerar o retorno esperado.
Por isso, antes de escolher o nome, faça um estudo de direcionamento de marca.

3 – Pesquise muito!

Por fim, nossa última dica é que você pesquise muito! Se chegou até este artigo, provavelmente foi por meio de um interesse em saber mais sobre como escolher o nome de uma empresa. Esse é o primeiro passo para conseguir atingir novos horizontes com a sua marca e se destacar dos seus concorrentes.
Vale a pena entender mais sobre alguns conceitos como Benchmarking, por exemplo. Trata-se do estudo de concorrentes e aquela famosa espiadinha no que está dando certo, especialmente nas grandes marcas. Obviamente, sua empresa deve ser única e jamais uma cópia de outras, porém, é importante saber o que está sendo trabalhado ao seu redor para ter uma base de como se posicionar melhor.
Se divirta nesse momento! A escolha do seu nome é um momento que deve ser prazeroso e feito em conjunto com a sua agência de design. Seja claro com o que deseja passar, para que o processo seja mais efetivo e traga um resultado melhor.

Bônus: Design de Nomes

O design de nomes é também conhecido como “naming”. De forma bem simples e resumida, é o processo de escolha do nome da sua empresa, bem como sua tagline – a frase que geralmente acompanha o nome principal.
Por mais que pareça simples e automático, existem algumas regrinhas para que o seu nome não seja um empecilho para a marca ou passe uma ideia diferente daquela que você deseja. Nesse momento, vale a pena contratar uma agência de design ou mesmo um freelancer que tenha experiência no assunto.

Gostou das nossas dicas de hoje? Se tiver mais dúvidas, contate um de nossos representantes, teremos prazer em ajudá-lo!

 

Granza