Imagem - 3 dicas de design para criação e impressão do seu material gráfico

O design para criação e impressão do seu material gráfico é um processo relativamente simples para quem está de fora – e seu trabalho será basicamente entender como ele funciona e saber escolher os profissionais certos para que tudo saia como o esperado.

Para te ajudar a garantir o melhor resultado final, separamos no texto de hoje 3 dicas fundamentais de design. Com elas, será possível começar sua campanha sem risco de erros. Confira mais abaixo!

Qual a importância do design para a criação e impressão do seu material gráfico?

Antes das dicas que vamos dar, precisamos explicar um ponto importante do processo de impressão do seu material gráfico: o design. Embora possa parecer a parte mais simples, criar a arte é onde todos seus esforços devem ser empregados para garantir o resultado esperado.

Será o design que irá ditar as cores, a harmonia dos elementos e também adequar as imagens para o seu público-alvo. Por melhor que seja a impressão, é essencial lembrar que ela só irá refletir o que já foi previamente criado por um profissional.

Além disso, adiantamos que o trabalho produzido em uma Agência costuma ser muito menos cansativo e burocrático. Isso porque é mais fácil para esses profissionais indicarem gráficas, realizarem marcas de corte corretamente nas artes e entenderem quais os melhores tipos de impressão para o seu caso.

Dessa forma, seu trabalho passa a ser aprovar o layout e o orçamento para a produção, diminuindo o estresse do contato direto com a gráfica escolhida.

Dicas de design para a criação e impressão! Anote aí!

Agora que já explicamos a importância do design em si para a impressão do seu material, vamos às 3 dicas que vão te ajudar a ter o melhor resultado. Confira!

• Faça a produção inicial com um bom designer

Como já explicamos mais acima, o designer será o profissional responsável pela criação da sua arte. Será ele quem irá aplicar sua ideia e transformá-la em algo palpável e adequado para o seu público.

Vamos a um exemplo: você tem a necessidade de criar um catálogo de produtos atrativo, de qualidade e muito bem desenhado. Não será a gráfica responsável por isso e sim a Agência de Design. Em casos mais raros, as gráficas podem oferecer layouts prontos, mas que não darão o tom de exclusividade da sua peça.

Por isso, é preciso ter cuidado com o profissional escolhido para essa que é a etapa mais importante do processo de criação. Se for possível, peça para a Agência te enviar exemplos de trabalhos produzidos, para que você tenha uma ideia da qualidade de criação.

Vale a pena investir no design, afinal, você poderá precisar desse material em outros meios, como redes sociais, sites ou mesmo para divulgação online, por meio de e-mail marketing. A agência pode desdobrar a arte para cada uma dessas opções de publicidade, o que irá te poupar trabalho e gastos excessivos.

Além disso, a arte em si impacta muito no resultado final. Então, antes de procurar a melhor gráfica, garanta que você tem o melhor material.

• Peça indicações de gráficas confiáveis

O design para criação e impressão do seu material gráfico está pronto para ser produzido. Agora é o momento de encontrar a gráfica ideal, que tenha equipamentos de qualidade e que consiga te entregar o trabalho exatamente como você procura.

Na maior parte das vezes, as agências de design possuem parcerias com gráficas – sejam elas online ou não – e podem ajudar nessa indicação. Algumas, como a Granza, fazem todo o trâmite para o cliente, evitando que ele precise ir até o local e poupando o tempo de deslocamento.

Caso você não consiga pedir indicação para agências, a dica é procurar no Google as gráficas mais bem avaliadas da sua região. As que fazem todo o processo online costumam ser as mais modernas e também te poupam do tempo para realizar a negociação presencialmente.

A nossa dica é sempre procurar avaliações e descobrir se há reclamações recentes sobre as produções. Também faça questão de ler todas as informações que a gráfica te enviar, para ter certeza de que vocês entraram em um acordo sobre preços, quantidades e qualidade.

• Entenda o básico sobre impressões gráficas

Esse é um ponto importante, embora não seja obrigatório. Como explicamos se você tiver um Agência de Design trabalhando a seu favor, é possível que todos os profissionais envolvidos na criação te expliquem como funciona a impressão – sem que seja preciso conhecimento prévio da sua parte.

Porém, se não for o caso, nós indicamos que você leia nosso artigo sobre os tipos de impressão gráfica. Nele, explicamos um pouco sobre as diferenças entre eles, quais são mais caros e quais são mais indicados para cada material.

Essa é uma ideia que poucos clientes procuram pôr em prática, mas que diminuiria muito as dores de cabeça causadas por impressões errada, por exemplo. Por isso, se você puder entender o básico do que irá pedir na gráfica, as chances de ocorrer um erro diminuem bastante – especialmente se não houver uma agência envolvida para ajudar a sanar as dúvidas.

Essas foram nossas 3 dicas de design para criação e impressão do seu material gráfico. Como explicarmos ao longo do texto, é sempre interessante contar com bons profissionais, que irão fazer todo o processo de forma automática, sem que você precise se envolver em cada etapa.

Caso queira fazer um orçamento com a Granza, entre em contato e conte mais sobre o seu material. Temos experiência com todo tipo de criação para impressões gráficas.

Granza