Imagem - 4 dicas de como fidelizar os pacientes da minha clínica

A fidelização de clientes é importante para qualquer empresa, e no caso de clínicas de saúde não é diferente. Na verdade, chega a ser até mais fundamental, já que a relação do paciente com sua clínica precisa ser de total confiança. Clientes fidelizados significam crescimento constante e barato, já que mantê-los é econômico e, indiretamente, eles acabam indicando e fazendo publicidade positiva para você.

Então, como fidelizar os pacientes da minha clínica? É uma questão delicada, mas a resposta não precisa ser tão complicada. Confira nossas dicas e descubra de que maneira seus pacientes continuarão frequentando sua clínica seguramente.

1) Qualidade no atendimento

As pessoas gostam de ser atendidas bem em qualquer lugar. Isso é especialmente verdade quando elas estão procurando expor um problema de saúde. A situação em si já requer um atendimento muito atencioso e simpático, para garantir que o paciente se sinta à vontade naquele local.

Recepcionistas devem se mostrar sempre solícitos e dispostos a resolver quaisquer possíveis transtornos. Da mesma forma, durante as consultas, os médicos também devem ser bons ouvintes e responder a todas as dúvidas sem rispidez. O atendimento dos médicos é, na realidade, uma queixa extremamente comum entre pacientes de muitas clínicas. Oriente os seus profissionais.

2) Tempo de espera

Ninguém gosta de passar muito tempo no médico, mesmo que o lugar e as pessoas sejam agradáveis. É uma obrigação, e é trabalho da clínica fazer com que ela pareça amena. Como fidelizar os pacientes da minha clínica, você queria saber? Esta é parte dos motivos pelos quais os clientes se fidelizam: agilidade.

Treinamento de funcionários e softwares de gestão ajudam muito nesse quesito. Marque as consultas sempre de forma automatizada, e com espaços seguros entre elas, para não correr o risco de que pacientes atropelem os horários uns dos outros. Quanto melhor ficar para vocês, melhor para eles também.

3) Organização

E por falar em otimização e tempo de espera reduzido, essas são coisas que só podem ser alcançadas com uma boa organização. Não estamos falando apenas de limpeza e móveis arrumados (ainda que isso seja, também, relevante). Isso tem a ver com comunicação interna.

A comunicação interna é o que vai fazer com que os funcionários não se atrapalhem ou passem as informações erradas. Pacientes não terão porque voltar com frequência a uma clínica que erra datas e horários ou indica os locais errados de consultas e exames, certo? Portanto, para mantê-los por perto, é preciso provar que há organização.

4) Pós-atendimento

Este é, possivelmente, o momento mais importante no processo de fidelização. Seu paciente poderia ter feito a consulta em qualquer outra clínica, mas ele escolheu a sua, e você precisa lembrá-lo de que essa decisão foi acertada. A melhor forma de fazer isso é mostrando que ele ainda é importante.

Entre em contato para lembrá-lo da próxima consulta, mesmo que seja por mensagem. Fale com ele caso você perceba que faz muito tempo desde a última visita. Parabenize nos aniversários. Faça uma pesquisa de satisfação. De uma maneira ou de outra, faça com que seu paciente se sinta reconhecido.

Esperamos que sua pergunta sobre como fidelizar os pacientes da minha clínica tenha sido respondida! Aproveite e veja nosso texto sobre como melhorar o atendimento da sua clínica!

Granza