Imagem - 4 dicas de design para pequenos empreendedores

Nem sempre o design é encarado como um investimento que irá trazer resultados a curto, médio e longo prazo. Esse é um erro comum, porém, que pode fazer com que o negócio não consiga passar a ideia correta sobre ele aos seus clientes e talvez ser o grande motivo para que haja uma estagnação do crescimento. Hoje, separamos 4 dicas de design para pequenos empreendedores, que vão fazer toda a diferença na sua empresa! Confira o que separamos!

Comunicação Visual: Chave para o sucesso!

Mesmo que o seu negócio seja pequeno, a sua comunicação visual deve estar alinhada com aquilo que você quer passar aos seus clientes. Vamos supor que você seja muito bom no que se propõe e tenha diferenciais dos seus concorrentes.
Se isso não ficar claro ao consumidor, ele não chegará até a sua empresa. Ter uma comunicação visual falha, amadora ou sem nenhum atrativo pode ser o que está te impedindo de crescer.

Criatividade e credibilidade

Uma das nossas principais dicas de design para pequenos empreendedores é saber como unir a criatividade com a credibilidade. Mesmo que você contrate uma agência, como a Granza, o processo deve contar com suas ideias e com aquilo que foi idealizado quando o negócio nasceu.
É preciso contar com profissionais que saibam captar a essência da empresa e que possam passá-la aos consumidores finais, de maneira leve, criativa e dinâmica – sempre falando a linguagem do seu público-alvo.

Seja visto, seja lembrado!

Se você buscar em qualquer site ou revista voltados para negócios, encontrará que uma das dicas de design para pequenos empreendedores mais essenciais é saber a importância de ser visto pelos seus clientes.
Depender só do boca-a-boca nem sempre é uma boa estratégia, já que estamos em um mundo onde a internet está a disposição para ajudar nesse processo de divulgação.
Porém, ter a presença online não irá ajudar muito se ela não estiver de acordo com o que a sua empresa deseja passar ao seu público-alvo. Por isso, é importante que o design seja pensado em conjunto com você e com os profissionais.
Além disso, vale lembrar que os materiais impressos de divulgação ainda são muito importantes para ajudar a fazer o negócio decolar – folders, catálogos, etc. E todos eles devem estar alinhados com a identidade criada.

Identidade visual: pesquise e invista!

A nossa dica final é essencial para fechar o processo de contratação de profissionais de design. Você já compreendeu a importância da identidade visual da sua empresa, já sabe que ela deve ser criativa e passar credibilidade, além de te ajudar a ser visto. Agora, o momento é de pesquisa e investimento!
Será preciso encontrar a agência de design ideal para o seu negócio e, para isso, é importante que você faça reuniões presenciais e observe os cases de sucesso. Sempre que puder, peça apresentações e explique com o máximo de detalhes possível o que você espera como resultado final.
Quando o empreendedor sabe o que quer, é muito mais fácil desenvolver uma identidade que esteja de acordo com seus gostos e com aquilo que é importante para o negócio.
Porém, não esqueça de ouvir as sugestões dos profissionais e entender os motivos por trás de cada passo que eles vão dar. Não se esqueça que esse processo pode e deve ter o seu respaldo sempre!

Gostou das nossas dicas de design para pequenos empreendedores? Se precisar de mais informações sobre o que fazemos, não deixe de visitar nossa página ou de entrar em contato conosco.

Granza