Imagem - Quais são os tipos de impressão gráfica? Conheça os principais!

Saber quais são os principais tipos de impressão gráfica é essencial para quem quer garantir um resultado final de excelência para seus materiais impressos e peças que serão distribuídas para clientes e potenciais clientes. No texto de hoje, separamos os mais conhecidos de todos eles – e informações sobre quais devem ser usados em cada material. Confira!

Você sabia que existem diversos tipos de impressão gráfica?

Muitas pessoas não sabem dessa informação, mas há diferentes tipos de impressão gráfica e cada um deles é mais ou menos recomendado dependendo da sua produção total, da qualidade esperada e de outros fatores que o profissional de design deve dominar a fundo.

Mas, como clientes, é válido que você tenha em mente o básico dos processos – para saber onde economizar e o que cobrar da agência contratada. Em casos onde o material seja enviado diretamente para a gráfica, as informações que passaremos são ainda mais importantes, afinal, a negociação será por sua conta.

Por isso, fique sempre de olho nos detalhes da sua produção – mesmo os que pareçam simples! Vamos aos tipos de impressão gráfica mais comuns:

Impressão Offset

A impressão offset é uma das mais utilizadas do mercado e o motivo disso é o seu custo-benefício excelente para grandes quantidades de materiais. Ou seja, se você irá imprimir uma demanda alta, geralmente a gráfica irá recomendar a offset para garantir qualidade com um preço bacana.

Para entendermos bem o que é esse tipo de impressão gráfica, basta pensarmos na tradução de offset, que significa “fora do lugar”. Basicamente, o processo ocorre por meio de um cilindro que não tem contato direto com o papel.
A vantagem desse sistema é evitar – antes comuns – que geravam gastos desnecessários para o cliente e para a própria gráfica.

Outra vantagem que vale a pena ser citada é a rapidez da impressão. Quem tem pressa não irá enfrentar problemas com a offset – além de saber que a qualidade final será preservada!

Impressão Digital

Entre os tipos de impressão gráfica comuns está também a impressão digital, bastante conhecida entre a população geral. Ela é exatamente o oposto da offset, ou seja, a feita no material de forma direta. Embora bem rápida, é uma impressão não aconselhável para grandes quantidade de material, por questões de tempo e outros fatores gerais.

A vantagem da impressão digital é que não haverá nenhum problema em relação às cores, que serão exatamente aquelas que você verá no computador. Não há erros nesse sentido.

Também é válido falar da rapidez das impressoras digitais: Em pequenas quantidades, elas são bastante úteis, embora comecem a ser problemáticas em tiragens grandes.

Outro ponto a ser refletido sobre a impressão digital são as provas. Elas podem ser solicitadas sem muitos gastos, o que é bem mais complicado com a impressão offset – já que o custo é maior.

Impressão Híbrida

A impressão híbrida é uma novidade no mercado gráfico, embora as gráficas maiores – como as que recebem pedidos online – já estão apostando nela. A técnica híbrida é um dos tipos de impressão gráfica mais vantajosos no sentido de qualidade final do produto: por mesclar o digital com a offset, há maior resolução das imagens, especialmente no que diz respeito às tipografias, por exemplo.

Os materiais para a impressão híbrida são os mais diversos, como folder, cartões de visita, flyers, panfletos e outros. A questão é saber pesar o custo-benefício de acordo com as suas necessidades gerais. Nesse caso, a própria gráfica irá te dar as opções e talvez provas do resultado final da impressão híbrida – se for relevante para o seu negócio, aposte nela!

Serigrafia

A Serigrafia é um dos tipos de impressão mais usados para chaveiros, canetas e outros materiais que exijam um trabalho direto no produto. Geralmente, ela é bem específica e sua maior vantagem é justamente conseguir ser aplicada em qualquer superfície sem grandes problemas.

Como desvantagem, obviamente é a precisão das tipografias ou mesmo das cores. Nesse caso, é preciso analisar se o seu material exige a impressão de serigrafia ou não! Mais uma vez, converse com a gráfica e veja o melhor custo-benefício.

Como escolher entre os mais variados tipos de impressão?

Saber quais são os tipos de impressão gráfica é importante para que o cliente tenha uma ideia geral do que escolher – especialmente quando se trata de gráficas online. Por exemplo: quando há um material de cor muito específica e que exige total fidelidade à ela, a impressão digital pode ser interessante.

Porém, se esse mesmo material exigir milhares de cópias, a offset ainda é a melhor opção para o seu bolso – sem que a qualidade seja perdida. As variações podem ocorrer, mas em casos como esse, a gráfica tenta chegar o mais próximo possível do que o cliente pediu.

Conclusões

Outros pontos são importante ressaltar em relação aos tipos de impressão gráfica e a qualidade final dos seus materiais. São eles:

– Boa parte do resultado advém do trabalho feito pelo designer. Se ele souber escolher as cores corretas e realizar um projeto bem-feito, a gráfica apenas irá executar o pedido sem grandes problemas. Por isso, a contratação de uma agência de design ou um profissional de confiança fará toda a diferença nesse processo. Ele poderá também te auxiliar no processo de impressão, orientando no envio para a gráfica.

– Caso existam problemas na gráfica, o ideal é procurar o responsável e discutir o melhor tipo de impressão para que o resultado seja o mais próximo possível do perfeito. Em tiragens com milhares de exemplares, vale a pena ir pessoalmente na gráfica ao invés de escolher as virtuais.

Essas foram algumas dicas sobre os tipos de impressão digital e como você pode usar as informações a seu favor para ter o melhor resultado final para os seus materiais!

Em caso de dúvidas, não hesite em procurar uma Agência de Design como a Granza para que o seu projeto seja feito com qualidade e rapidez! Entre em contato conosco e peça um orçamento gratuito.

Gostou do texto? Compartilhe nas redes sociais com seus amigos!

Granza