Imagem - Você sabe o que é gerenciamento por categoria? Entenda como ele funciona!

Muitos lojistas ainda não sabem ao certo o que é gerenciamento por categoria. Apesar de ser indispensável para que a loja possa vender mais e atrair novos clientes, essa técnica é pouco utilizada, especialmente se falarmos de pequenos comércios, que precisam trabalhar por conta própria todas as estratégias e a organização do ponto de venda.

No texto de hoje, separamos algumas informações relevantes sobre o assunto para que você saiba como usar o gerenciamento por categoria a seu favor. Confira mais abaixo!

Afinal, o que é Gerenciamento por Categoria?

O gerenciamento por categoria nada mais é do que um acordo entre o fornecedor e o varejista, com o intuito de organizar os produtos por setores, como itens de higiene, de limpeza, alimentação e outros, dependendo do comércio.

De uma forma resumida, podemos dividir o chamado cliente em duas pessoas diferentes: o Shopper e o Consumidor. Vamos entender melhor:

– O Shopper é quem está no ponto de venda realizando a compra. Não necessariamente será o consumidor final, ou seja, nem sempre quem faz a compra de um produto o usará. Um bom exemplo é uma mulher comprando creme de barbear: ela é a cliente naquele momento, mas não será a consumidora final.

– Já o consumidor é quem, de fato, consome o produto. No caso do exemplo acima, ele poderia ser o homem que receberá o creme que a foi comprado pela Shopper.

Por que todas essas informações são importantes? Porque o maior influenciado pelo ambiente do ponto de venda é o Shopper e não o consumidor final. Será ele que decidirá questões como custo-benefício e se vale ou não a pena realizar aquela compra na loja.

Por isso, as estratégias no PDV são diferenciadas daquelas voltadas para a propaganda comum. E uma dessas importantes estratégias é saber o que é Gerenciamento por Categoria.

Como funciona a categorização de produtos?

O funcionamento da categorização de produtos depende muito de cada loja e de qual nicho ela atua. Basicamente, os produtos são separados por meio de prioridade como, por exemplo, as áreas de beleza e higiene, que costumam ser as mais procuradas pelo Shopper.

Além disso, quando temos um comércio mais específico, há a categorização de produtos por meio de entrada e saída, expondo o carro-chefe em situação de maior destaque dos demais – geralmente, em direção a altura dos olhos do comprador.

Estratégias para colocar o gerenciamento por categoria em prática

Agora que você sabe o que é o gerenciamento de produtos, vamos explicar de forma resumida algumas estratégias para coloca-lo em prática. No geral, os produtos costumam ser separados por 4 categorias: destino, rotina, ocasional e conveniência.

– Destino: Na categoria destino ficam os carros-chefes, ou seja, aqueles produtos que tornam a loja referência de destino para eles.

– Rotina: Nessa categoria, temos os produtos de rotina, que são comprados diariamente ou mesmo semanalmente.

– Ocasionais: Aqui, são os produtos que possuem vendas ocasionais, como os que vendem mais em determinadas épocas do ano.

– Conveniência: Por fim, os produtos de conveniência, que são exatamente aqueles voltados para momento de emergência do cliente – ou mesmo para momentos de compras mais rápidas.

Essa é uma das estratégias para categorizar seus produtos de forma eficaz. Porém, vale lembrar que cada loja possui a sua!

Gostou das nossas dicas de hoje? Compartilhe o artigo nas redes sociais!

Granza